Derrubada de florestas

Estudo mostra que derrubar florestas na Amazônia eleva a temperatura local em até 3º C e reduz chuvas

Derrubar florestas e instalar grandes áreas de plantio na Amazônia pode reduzir as chuvas e provocar aumento de temperaturas em até 3ºC nas áreas devastadas, revelou uma pesquisa publicada no periódico PNAS.

 

O estudo foi comandado pelo brasileiro Eduardo Eiji Maeda, da Universidade de Helsinki, na Finlândia. Junto com pesquisadores de outras universidades, ele acompanhou áreas devastadas de Rondônia e Mato Grosso entre 1990 e 2010, e comparou esses locais com regiões da Amazônia que não sofreram desmatamento excessivo.

 

“A floresta atua como uma bomba d’água, retirando o líquido da superfície da terra e jogando-o de volta para a atmosfera”, diz Maeda. “A água que retorna para a atmosfera muitas vezes volta para a floresta na forma de chuva. Quando a mata é removida, esse retorno é reduzido, e a energia não utilizada contribui para o aumento das temperaturas locais.”

 

As informações são da Folha de S. Paulo. A matéria completa pode ser lida aqui.

 

O estudo pode ser acessado aqui.

GOSTOU? COMPARTILHE:

Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp