Incapacidade de reconhecer o valor da água é principal causa do desperdício, diz ONU

A incapacidade de reconhecer o valor da água é a causa principal de desperdício. Essa é a principal conclusão do Relatório de Desenvolvimento Mundial da Água da ONU 2021, lançado na segunda-feira (22), no Dia Mundial da Água. “Água é o recurso mais precioso, é um ‘ouro azul’ ao qual mais de 2 bilhões de pessoas não têm acesso”, diz Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, responsável pelo lançamento do relatório.

 

O relatório destaque a necessidade da ampliação do entendimento a respeito do valor da água – que extrapola a ideia de preço da água.

 

Segundo a ONU os efeitos da mudança climática serão primeiramente sentidos pela disponibilidade de água. À medida que o clima muda, regiões sofrem com secas, enquanto outras, com tempestades, provocando enchentes e alagamentos.

 

O acesso universal ao saneamento e à água potável em 140 países de baixa e média renda demandará investimentos de US$ 114 bilhões por ano, de acordo com a ONU.

 

Garantir o acesso à água será um dos principais desafios das próximas décadas.

 

O relatório completo pode ser acessado aqui.

GOSTOU? COMPARTILHE:

Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp