Banco Central inclui clima entre os riscos monitorados pelos bancos. Leia em Convergência pelo Brasil.

MIT lança plano para apoiar pesquisas e políticas para planeta chegar a zero carbono até 2050

O Massachusetts Institute of Technology (MIT) lançou um plano com diversas frentes para atuar contra a mudança climática. Intitulado “Fast Forward: MIT’s Climate Action Plan for the Decade” (Avanço Rápido: Plano de Ação Climática do MIT para a Década, em tradução livre), o documento lista ações para o desenvolvimento de novas tecnologias, políticas baseadas em evidências científicas, programas para incentivar pesquisas para conter o aquecimento global e para educação da população a respeito do tema.

 

Em uma carta anunciando o plano, o presidente do MIT, L. Rafael Reif, e outros acadêmicos, afirmaram que a humanidade precisa encontrar formas acessíveis para que todos os setores da economia global atinjam emissões líquidas de zero carbono até 2050. “Devemos ir ao mais longe possível, o mais rápido possível, com as ferramentas e métodos que temos agora”, escreveram. Eles ressaltam que é preciso ir além. Serão necessários investimentos significativos para inventar novas ferramentas, incluindo avanços tecnológicos, iniciativas políticas e estratégias eficazes para a educação e comunicação sobre as mudanças climáticas.

 

O plano foca em cinco áreas de atuação: estímulo à inovação; educação das gerações futuras; impulsionamento da ação governamental; redução da pegada de carbono do próprio MIT; e unificação de todas as ações do MIT a respeito do tema.

 

Os princípios do plano são:

 

  • – A centralidade da ciência na compreensão da dinâmica do aquecimento global e seus efeitos;
  • – A necessidade de inovar e escalar, exigindo que novas ideias sejam rapidamente transformadas em soluções práticas;
  • – O imperativo da justiça, uma vez que muitos dos que serão mais afetados pelas alterações climáticas estão entre os que têm menos recursos para a adaptação;
  • – A necessidade de engajamento amplo, envolvendo governo, indústria e sociedade como um todo, refletindo o fato de que a descarbonização da economia mundial exigirá o trabalho com líderes de todos os sectores;
  • – O poder de coordenação, enfatizando a necessidade de que as diversas partes da investigação, educação e divulgação do Instituto tenham estruturas claras para a tomada de decisões, ação e responsabilidade.

 

As informações completas podem ser acessadas no MIT News.

 

O plano completo pode ser acessado aqui.

GOSTOU? COMPARTILHE:

Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp