nOTÍCIAS E ATUALIDADES

A terceira edição do Conexão Pelo Clima – 2ª Feira Latino-Americana de negócios pelo clima e Summit Climate Ventures –, nos dias 26, 27 e 28 de outubro, em formato online.

Conexão pelo Clima 2021 vai discutir o desafio para a economia de zero carbono

O Brasil e os países da América Latina precisam ser protagonistas na transição para a descarbonização da economia, com metas mais ambiciosas e negócios que caminhem nessa direção. Um dos principais pontos de encontro entre empresas, investidores e governos que buscam esse protagonismo é a feira de negócios Conexão pelo Clima. Já estão abertas as inscrições para a edição 2021 do evento: a terceira edição do Conexão Pelo Clima – 2ª Feira Latino-Americana de negócios pelo clima e Summit Climate Ventures –, nos dias 26, 27 e 28 de outubro, em formato online.   Destaques desta edição, as rodadas de negócios LatAm, que vão ocorrer no dia 28 de outubro, serão oportunidades para parcerias de impacto positivo entre empresas, governos e startups, a partir de modelos de negócios de impacto positivo no clima. Elas terão o formato de rápidos encontros empresariais online, nos quais as empresas serão colocadas frente a

A concentração de CO2 é 50% maior do que no período da Revolução Industrial. Os níveis de metano mais do que dobraram desde 1750.

Para consumidor, meio ambiente é mais importante que PIB

Para 56% da população, a preservação ambiental é mais importante que o crescimento da economia. A conclusão é de uma pesquisa do fundo Atlantico, em parceria com a AtlasIntel. Os pesquisadores ouviram 1.178 brasileiros durante o mês de agosto. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.   Segundo uma reportagem publicada no Valor Econômico, o agronegócio está entre as áreas que mais vão precisar se adaptar às novas exigências do mercado, que tem consumidores cada vez mais preocupados com a sustentabilidade em todas as etapas da cadeia produtiva. O setor já tem investido em soluções nesse sentido, tendo a tecnologia como aliada, mas, segundo o estudo, muitas dessas responsabilidades ficam apenas com o agricultor, o que dificulta avanços maiores.   Entre os entrevistados, 38% afirmaram que aceitariam pagar mais caro por produtos ambientalmente sustentáveis e 57% se mostraram dispostos a mudar hábitos para ajudar na mitigação dos efeitos

Os investidores têm papel crucial para pressionar as empresas de todos os setores a reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Leia em Convergência pelo Brasil.

Empresas listadas respondem por 40% das emissões de gases

As empresas de capital aberto são responsáveis por pelo menos 40% das emissões de gases de efeito estufa. A estimativa foi feita pela Generation Asset Management, gestora de Al Gore, e destaca o papel crucial dos investidores e detentores de ações dessas empresas na pressão pela ação climática e para fechar a lacuna de ambições climáticas até 2030, via engajamento ou realocação de capital.   Estudos anteriores já apontavam que as companhias listadas em bolsas eram responsáveis por cerca de 15% a 20% das emissões diretas globais. O trabalho da Generation considera também as emissões associadas à cadeia de valor, desde a compra da matéria-prima até o uso do produto pelo consumidor e pelas indústrias, escopo que “representa quase o dobro das emissões diretas, reforçando que o corte das emissões ao longo da cadeia de valor precisa ser uma prioridade tanto para as companhias quanto para os investidores”, segundo a