Cientistas defendem pesquisas a geoengenharia solar. Saiba mais em Convergência pelo Brasil

Cientistas defendem aumento de pesquisas sobre geoengenharia solar

Um grupo influente de cientistas americanos defendeu uma ideia considerada controversa na tentativa de evitar o aquecimento global: a geoengenharia solar.

 

A geoengenharia solar é uma técnica para evitar que os raios solares atinjam – e aqueçam – o planeta. Isso pode ser feito pela emissão controlada de partículas na atmosfera que refletem a energia solar.

 

Na prática, essa técnica pode resfriar o planeta.

 

No dia 25, um grupo de cientistas pediu que o governo dos Estados Unidos invista pelo menos US$ 100 milhões de dólares em pesquisas sobre a geoengenharia solar.

 

No estudo, feito pela National Academies of Sciences, Engineering and Medicine, os cientistas dizem que é preciso mais pesquisa acerca da efetividade e efeitos colaterais da técnica.

 

Na publicação, os pesquisadores reconhecem os riscos da geoengenharia solar. Entre os possíveis efeitos colaterais eles citam: (1) o risco de mudança de padrões climáticos regionais (como as monções no sul da Ásia); (2) relaxamento das medidas para o corte de emissões de carbono;(3) risco de rápido aquecimento global caso os países adotem a geoengenharia e, anos depois, a prática seja suspensa. Nesse caso, poderia haver uma catástrofe caso os níveis de carbono na atmosfera estejam elevados.

 

As informações são do The New York Times. O texto completo pode ser lido aqui (em inglês).

 

O estudo completo pode ser acessado aqui.

GOSTOU? COMPARTILHE:

Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp